Canal do Poder

Home /

Notícias

Exportação de carne suína e de frango tem aumento no 1º semestre em SC

Quarta-feira, 12 de julho de 2017, 10h52min

Apesar da Operação Carne Fraca, a indústria da carne catarinense teve aumento nas exportações de carne suína e de frango no primeiro semestre deste ano. Com o custo da produção em queda, o lucro aumentou. No mês de junho, foram 82 mil toneladas de frango enviadas ao mercado externo.

Melhora do mercado

"O mercado externo, e principalmente aves, melhorou, sem dúvida nenhuma. Melhorou com relação a preço e melhorou com relação a volume. No mercado interno, o consumo em si, o volume consumido, também voltou ao normal", afirmou o diretor de agroindústrias Marcos Zordan.

O mercado externo, que chegou a fechar muitas portas para a carne brasileira, parece ter sido reconquistado. Nos seis primeiros meses do ano, Santa Catarina registrou um aumento nas exportações de carne suína e de frango.

No acumulado do ano, a quantidade de carne suína enviada a outros países cresceu 8% e o faturamento subiu quase 43%. No mês de junho, foram mais de 25 mil toneladas de carne suína exportadas, o que representa quase 64 milhões de dólares de faturamento.

Carne de frango

A carne de frango é o principal produto das exportações catarinenses e corresponde a quase 17% de tudo que o estado exportou no mês passado. Foram mais de 82 mil toneladas. Além disso, o consumo no mercado interno se manteve estável.

"Os meses de janeiro, fevereiro e março foram ruins, mas daí para frente, abril, maio e junho, parece que está entrando no ritmo normal. Temos confiança, daqui até o fim do ano também", afirmou o presidente de cooperativa Mário Laznaster.

O lucro aumentou porque o custo da produção baixou consideravelmente. O milho, usado na ração animal, por exemplo, que chegou a custar R$ 60 reais o saco no ano passado, agora está na faixa dos R$ 27.