Canal do Poder

Home /

Notícias

Aeroporto de Joaçaba

Segunda-feira, 8 de junho de 2015, 22h18min

Noticias dão conta que o Governo Federal suspendeu o Plano de Desenvolvimento da Aviação Regional (PDAR), que beneficiaria aeroportos de médio e pequeno portes. A informação partiu de um integrante da equipe econômica da presidente Dilma Rousseff e os recursos que seriam destinados à ampliação da malha aérea, do Fundo Nacional de Aviação, e criação de novos voos para atender a cidades mais distantes da capital será agora usado para alcançar a meta de superávit de orçamento do governo federal.

O plano foi desenvolvido para encorajar as companhias aéreas a voar para destinos com pouca oferta no país, permitindo o acesso de mais pessoas à malha aérea e facilitando o desenvolvimento destas cidades. Também era visto como um estímulo à fabricante de jatos Embraer, porque deveria subsidiar metade dos assentos em aviões com até 10 lugares, apesar de algumas companhias terem anunciado a pretensão de voar com turboélices ATR.

No início da tarde desta segunda-feira (08) o vice-prefeito de Joaçaba, Marcos Weiss, que cuida do projeto em Brasília, disse que os cortes que estão sendo anunciados não deverão atingir os investimentos já autorizados pela Casa Civil para o Aeroporto Santa Teresinha de Joaçaba. “Seria a maior decepção minha em 19 anos de vida pública, pelo princípio técnico de tudo o que está ocorrendo em Brasília” disse Marcos Weiss. Ele mostrou-se otimista na entrevista e confirmou que Joaçaba segue na lista dos 60 que foram relacionados como prioridade pela governo.